Plantar árvores em São Paulo e os Cerrados nativos da cidade – muito cuidado!

No pé de um ipê plantado, uma caroba-do-campo à direita, planta rara e existente até os anos 1940 na cidade. Quando o ipê crescer, eliminará por sombreamento a carobinha.

São Paulo originalmente apresentava amplas extensões de vegetação de Cerrado, campestre com ervas e arbustos em grande biodiversidade e beleza. Eram os denominados “Campos de Piratininga” no século 16, atualmente quase extintos.

Pouca gente sabe disso. Até mesmo o Poder Público. O resultado é que os poucos e raríssimos campos-cerrados sobreviventes seguem esquecidos e sujeitos a todo tipo de agressão. Sendo uma dela insuspeita para os amigos das árvores e profissionais: o plantio de árvores em terrenos vazios e com capim.

Muitas vezes, vendo um terreno com um “capinzal” em meio a malha urbana, plantam-se inúmeras árvores nativas acreditando estar fazendo o melhor para o meio ambiente, quando na verdade está se destruindo uma vegetação extraordinariamente rara na metrópole. O motivo é que o Cerrado precisa do sol para viver, e quando as árvores crescem e fazem sombra, o matam.

Assim, é fundamental antes de uma ação de plantio de árvores, por melhor que seja a intenção, tomar conhecimento e pesquisar visualmente se aquela área tem remanescentes de Cerrado – e se tiver – não plantar nada e sim preservar o que lá está há milênios.

Em São Paulo, principalmente na região do Morumbi, Parque do Carmo, Jaraguá, Butantã e arredores da malha urbana ainda existem alguns poucos e preciosos trechos dos “Campos de Piratininga”.

Ricardo Cardim

“Capinzal” repleto de raridades do Cerrado na região do Morumbi e que recebeu equivocadamente um plantio de árvores que pode matar a vegetação ancestral.

Sobre Ricardo Cardim

www.arvoresdesaopaulo.com.br
Esse post foi publicado em arborização urbana, árvores, Biodiversidade paulistana, bioma cerrado, campos cerrados em São Paulo, cerrado, cuidados com as árvores, local para compensação ambiental em São Paulo, Mata Atlântica, meio ambiente, meio ambiente urbano, meio ambiente urbano em São Paulo, paisagismo São Paulo, paisagismo sustentável, parques de são paulo, plantas nativas, plantio de árvores, sustentabilidade urbana e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s