Nesse sábado vamos juntos plantar o novo Largo das Araucárias em Pinheiros!

 

A imagem pode conter: texto

Arte por @rarodeoliveira

Para fechar o ano de 2017 convidamos quem gosta de árvore para um plantio muito significativo para a cidade de São Paulo, o novo Largo das Araucárias, no bairro de Pinheiros, resgatando uma dívida secular com a espécie que batizou o local.

Significativo porque essa será a floresta de bolso que mais modificará uma paisagem urbana. O projeto começou em maio desse ano, quando após plantarmos o “Bosque da Batata” percebemos um terreno todo cercado por tapumes velhos pixados e cercados de lixo no meio das ruas, como que “invisível ” a todos que ali passavam. Uma área grande, com cerca de 600 m² com um portão trancado a cadeado e muito lixo dentro. No meio, três antigos pilares de um posto de gasolina, com o seu piso e estruturas.

IMG_6907

O local todo cercado, “invisível”

IMG_6893

Dentro, muito lixo e restos de um posto de gasolina

Após conversa com a Subprefeitura de Pinheiros foi descoberto que o terreno era público, estava descontaminado segundo os orgãos competentes e era sobra das obras de remodelação do bairro anos atrás. Com o apoio de um doador privado para a execução de todo o projeto, começamos em outubro um intenso trabalho para transformar aquele espaço degradado. Uma empresa especializada em desmobilização de postos de gasolina começou a quebrar o piso de concreto e retirar os antigos tanques de combustível. Saíram toneladas de lixo e entulho.

IMG_7814

O piso e estruturas do posto já limpos. Atrás, a nossa floresta de bolso do “Bosque da Batata” plantada em maio último.

IMG_8228

A máquina removendo toneladas de concreto sobre o solo, um recomeço

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, céu e atividades ao ar livre

Os antigos tanques de combustível, vazios

A imagem pode conter: céu e atividades ao ar livre

Visto de cima, em primeiro plano o novo Largo das Araucárias e no fundo, o Bosque da Batata. Foto de Toquinho – Canal Variedades

No meio da terra encontramos novamente a belíssima e fértil terra preta das antigas margens do Rio Pinheiros, sepultada há 200 anos!

IMG_0174

Sob um metro de aterros humanos aparece uma preciosidade!

Depois de removido os entulhos, as máquinas tiveram que voltar outras duas vezes para retirar mais lixo que aparecia da terra…

A imagem pode conter: céu, nuvem e atividades ao ar livre

Em novembro, começaram os jardins de chuva de projeto de Guilherme Castagna que receberão mudas de plantas ornamentais da Mata Atlântica. Hamilton Cezar, paisagista sustentável, também começou a plantar um trecho com plantas dos antigos e raríssimos cerrados da cidade de São Paulo os “Campos de Piratininga” transplantadas de terrenos em desmatamento próximos em Embu, e as calçadas, que estavam completamente degradadas e foram substituídas por novas plenamente acessíveis, homogêneas e muito duráveis. Obra do urbanista Sérgio Reis.

Antes:

IMG_0114

Depois:

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, sapatos e atividades ao ar livre

Da esquerda para a direita, Ricardo, Sérgio e Nik.

Agora é todos juntos nesse sábado plantarmos um paisagismo com Mata Atlântica, Floresta de Bolso e muitas araucárias, para mostrar que é possível transformar um posto de gasolina abandonado em uma nova área verde e de lazer para a cidade – e que também uma nova cidade é possível. Esse projeto será uma praça,  com acessos em paralelepípedos e bancos para a multidão que ali passa diariamente descansar e contemplar a natureza.  Leve as crianças, a família, amigos!! Todos convidados para plantar juntos!!

Informações:

Dia: 16 de dezembro de 2017, sábado.

Hora: 10 horas da manhã

Local: Rua Pais Leme com Rua Padre Carvalho, Pinheiros, atrás da Igreja de Pinheiros. Fácil acesso por bicicleta, metro e onibus.

Parceiros:

Ricardo Cardim – Floresta de Bolso

Nik Sabey – Novas Árvores Por Aí

Sérgio Reis – Urbanista

Mudas de árvores e paisagismo: Viveiro Legado das Águas Votorantim (plantas ornamentais), Viveiro Fábrica de Árvores (arborização) e  Brasilensis Paisagismo Ecológico (plantas do cerrado).

Apoio institucional: Subprefeitura de Pinheiros.

Anúncios

Sobre Ricardo Cardim

www.arvoresdesaopaulo.com.br
Esse post foi publicado em amigos das árvores de São Paulo, Araucaria, arborização urbana, Árvores de São Paulo, árvores, árvores brasileiras, bairro de Pinheiros, floresta de bolso, florestas de bolso, História de São Paulo, Mata Atlântica, paisagismo São Paulo, paisagismo sustentável, parques de são paulo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s