Dia da Árvore – o Palmito jussara cada vez mais comum nos jardins paulistanos

Palmito em rua paulistana

Palmito em rua paulistana

Comemorando o dia da árvore, homenageamos uma árvore “guerreira” da Mata Atlântica, o palmito-jussara (Euterpe edulis), que produz frutos para boa parte da fauna da floresta e infelizmente ainda continua sendo explorada clandestinamente no seu meio acima de sua capacidade de sobrevivência. Para se obter o tão apreciado palmito jussara na culinária, é preciso matar a árvore cortando a parte entre o final de seu estipe (tronco) e começo das folhas.

Mas a boa notícia para o palmito-jussara é que ele está voltando para os projetos de paisagismo, principalmente nos novos edifícios corporativos. Muitos novos jardins estão recebendo a espécie, o que certamente ajudará na sua propagação para outras áreas verdes da malha urbana e é uma escolha muito mais sustentável perante modismos estrangeiros como a palmeira-triângulo e seafórtia.

Uma dica importante é sempre plantar o palmito em grupo ou perto de outras plantas para se ter um ambiente úmido e com meia-sombra, principalmente na fase jovem. A Mata Atlântica e pássaros como o tucano-de-bico-verde agradecem.

Palmito jussara criminosamente recém-cortado na Mata Atlântica da Serra do Mar

Palmito jussara criminosamente recém-cortado na Mata Atlântica da Serra do Mar

Anúncios

Sobre Ricardo Cardim

www.arvoresdesaopaulo.com.br
Esse post foi publicado em amigos das árvores de São Paulo, Árvores de São Paulo, árvore urbana, árvores, árvores nativas, Biodiversidade paulistana e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Dia da Árvore – o Palmito jussara cada vez mais comum nos jardins paulistanos

  1. neto disse:

    pena que varias dessas palmeiras estão sendo retiradas clandestinamente dos remanescentes de mata atlantica.

  2. Olá Ricardo ,é a primeira vez que escrevo para você. Falando em palmeiras ,coqueiros, digo que sou uma pessoa vidrada nessas espécies. Tenho plantada no meu jardim várias delas :seafortia,triangular, palmeira jussara ,coco da bahia, Dendê, açai e uma outra palmeira que tem espinho no tronco. Enfim parece que estou trazendo a mata até aqui. Tenho mais ou menos dez coqueiros da Bahia carregados de coco ao redor da casa e minha família por precaução quer tirar esses coqueiros com mais de Dez anos e eu tenho dó. Seria uma boa idéia trocá-los por palmeiras Jussaras ?. Os coqueiros morreriam? Você pode me ajudar dando uma sugestão?
    Obrigada Ricardo e um abraço.
    Maria Agnes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s