Por que as árvores urbanas caem em São Paulo?

Árvore sufocada na Zona Leste de São Paulo. Ricardo Cardim

Árvore sufocada na Zona Leste de São Paulo. Ricardo Cardim

Todo verão é a mesma história: árvores caídas nas manchetes dos jornais como causadoras de prejuízos na cidade de São Paulo. A primeira culpada, logicamente, é a árvore, apontam muitos. Mas a verdade não é muito bem essa.

O ser humano tem mais culpa quando se fala em árvores urbanas no chão. É fácil ver cenas como essa acima nas calçadas da Cidade – o tronco todo cimentado em volta, sem nada de solo exposto – isso impede a aeração do solo e das raízes consequentemente, prejudicando a saúde da planta e a deixando vulnerável. Podas destrutivas que desequilibram a árvore devido algum interesse particular, como letreiros de uma loja, também colaboram. Corte de raízes que estavam “quebrando a calçada” (aliás as raízes quebram o piso na tentativa de conseguir a areação de solo ) tiram a sustentação e basta uma tempestade para ventar e amolecer a terra, derrubando a árvore.

Isso sem falar na escolha errada de espécies, muitas exóticas ou nativas em locais errados dentro da malha urbana. Existe a árvore certa para o local adequado, e nativa de preferência, já que temos mais de 200 espécies de árvores de todos os tipos na mata original da Cidade.

As quedas naturais ocorrem, seja pela idade avançada, cupins e até a inevitável poluição do meio urbano. Mas muitas poderiam ser evitadas se as pessoas e as concessionárias elétricas tivessem um pouco mais de cuidado com essas prestadoras de serviços ambientais urbanos, principalmente aqueles que tem árvores  na porta de casa.

Ricardo Henrique Cardim

Sobre Ricardo Cardim

www.arvoresdesaopaulo.com.br
Esse post foi publicado em arborização urbana e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

11 respostas para Por que as árvores urbanas caem em São Paulo?

  1. Regina disse:

    Boa tarde,
    Ricardo não consegui encontrar a quem recorrer sobre este assunto e lembrei de vc, quem sabe vc sabe onde.
    Ontem , 2o de março, estava vindo do Ibirapuera para Pinheiros pela Faria Lima, quando vi uma cena absurda: plantavam mudas de paineira no passeio central de 2,5m em 2,5m!!!!!!!!!!!!!!!!

    Não sou botanica nem grande entendida no assunto,porem me parece obvio que a especie em questão é de grande porte, e tem copa grande e frondosa, com tronco grosso e espesso. sendo assim esta plantação não é uma imbecilidade????????

    Adoro arvores, faço mudas e meu pai as planta São Paulo a fora, inclusive de PAINEIRAS, porem , em relação as PAINEIRAS,sei que :
    – não devo planta-las em calçadas estreitas ( no caso , canteiro central0, a tendencia é destruirem o leito carroçavel),
    – o espassamento deve ser superior a 30m,
    – e que provavelmente o canteiro central sucumbira ao tronca da Paineira…e os espinhos tornaram a passagem de pedestres impossivel.

    A quem reclamar sobre este absurdo?
    P/q não planta-las em lugar adequado?
    Será que fomos nós, contribuintes, que pagamos por este serviço perdido?E ainda teremos que pagar(e caro) pela remoção?

    Quem sabe vc pode me ajudar e denunciar este absurdo em tempo de que estas mudas possam ser replantadas em lugar adequado, cá entre nós não faltam lugares em São Paulo.
    Abraços,
    Regina

  2. É isso ai, Ricardo,

    Árvore cercada de cimento tem raízes atrofiadas. Toda árvore urbana tem que ter canteiro ou pelo menos piso drenante ao redor (conhecido como “paver”).

    Quem quiser saber mais…http://tudoverde.org.br/vernoticia.php?id=77

    Abraço,

    Pablo

  3. Sergio disse:

    Regina

    achei muito importante seu comentário sobre esta absurda arborização de um canteiro central em São Paulo,com Paineiras, sem o espaçamento adequado,plantadas de forma irresponsável,e incompetente,se isto aconteçe em São Paulo que deveria ser modelo de profissionalismo, pelo tamanho da prefeitura e pelo alto valor de impostos que arrecadam,numero de agronomos,e paisagistas que la trabalham,imagine no resto do Brasil,esse tipo de erro não pode ser admitido,acho que voçe deveria escrever aos jornais pedindo ajuda, tv,e até informar o prefeito o que esta aconteçendo,reclamação protocolada, e cobrar mais fiscalização quanto a competencia das pessoas que ele contrata ,e informa-lo que as pessoas hoje em dia teem mais acesso a informação, e não aceitam mais qualquer coisa ,feita por pessoas desinteressadas de forma irresponsavel,sem se importar com as consequências futuras,acho que cabe a nos,cobrarmos,não so em sites mais diretamente,porque se ninguem reclama eles não vão nem imaginar que isto esteja acontecendo ,ou que tenha alguma importância,na minha cidade é a mesma coisa, temos que alertalos,de forma construtiva para as gerações futuras e presentes, boa sorte

  4. Gina Caécia disse:

    Foi um achado esta página!!!
    Alguma voz contra essas podas drásticas com o argumento “as plantas quebram as calçadas”.
    Gostei e recomendarei.

  5. Anderson Moreira disse:

    Bom dia
    estou procurando informações sobre a situação e quantidade de árvores ” podres” na cidade de são paulo. Você teria algo a informar ?
    abç

  6. Silas Macedo disse:

    Parabéns pela página!! A falta de tempo não me deixa conhecer pessoas que acham que uma árvore urbana (Meninas de Rua, como eu as chamo!) é de fundamental importância.
    Desenvolvi um método de trabalho com podas de arvores urbanas (Fitocirurgia), para quando isso for requerido, junto á subprefeitura de São Mateus e SVMA; Não consigo divulgar para meus colegas e amigos de árvores; Peço ajuda para todos que são sensíveis ao tema e, possam fazê-lo!!
    abraços bons.
    Silas Macedo
    Subprefeitura de São Mateus

    • Ricardo Cardim disse:

      Olá Silas,

      Muito obrigado! continuamos na luta… Me explique melhor esse seu método, quem sabe não divulgamos por aqui?

      abraços

  7. Claudio Hess disse:

    oi Ricardo!
    dentre as causas da queda de árvores urbanas eu considero q a mais daninha é a PODA SISTEMÁTICA DOS GALHOS INFERIORES fazendo as árvores ficarem com um pescoço de girafa, feito um espanador desequilibrado, só esperando um vento mais forte para vir abaixo.

    e o pior é q esta prática é comum de várias prefeituras pelo Brasil afora!!!
    estamos mal!!!

    abraços
    Hess

  8. marcia adriana disse:

    ola,gostaria de saber como fazer quando se tem algumas arvores que atrapalham o calçamento quebrando todo solo com raizes muito compridas
    deixando o local inacessivel para pessoas cadeirantes.este piso é feito com aquelas pedras de paralelepípedo.não pode retirar esta arvore.gostaria de uma opinião.obrigada.

    • Ricardo Cardim disse:

      Márcia,

      precisa ver se a espécie plantada é adequada e se há espaço vital para ela. Recomendo consultar a subprefeitura e um técnico dela.

  9. Yara disse:

    Assinem ao abaixo-assinado, para não colocarem mais cimento nas bases das arvores e previnirmos acidentes. Dentre outras melhorias a nossa cidade.

    http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR69443

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s