A nova moda do corte de árvores em São Paulo: a degola

 

árvore cortada em São Paulo - foto de Alessandra Araújo

Destruição sem causa, uma verdadeira “caça as bruxas”

São Paulo vive nesse ano uma verdadeira moda de “degolar” as suas árvores em derrubadas travestidas de “podas”, que removem toda a copa do exemplar, como se assim ela pudesse sobreviver.

Essa epidemia se deve a população e prefeitura apavoradas com as árvores que insistem em cair por falta crônica de cuidados, seguindo talvez uma suposta lógica de que árvore boa é a árvore sem copa, porque aí não oferece riscos de queda.

Isso está ocorrendo em toda a cidade. Aqui no blog recebemos muitas denúncias semelhantes por dia, e que tem aumentado bem ultimamente. A vítima dessas fotos fica na Rua Sampaio Vidal, ao lado do restaurante Mercearia do Conde. Trata-se de um pau-ferro (Caesalpinia ferrea) da Mata Atlântica em estado fitossanitário aparentemente adequado, adulto, com as característica típicas da espécie, como sua madeira de resistência extraordinária, e que foi sumariamente destruído por motivações alheias que certamente não atendem o interesse coletivo e de qualidade de vida da metrópole. As perguntas são: a quem isso interessou? Qual técnico autorizou? Sob qual argumento?

árvore a ser cortada em São Paulo - foto de Alessandra Araújo

O frondoso pau-ferro (Caesalpinia ferrea) antes de sua destruição

 

árvore cortada em São Paulo - foto de Alessandra Araújo 2

Tronco em bom estado, com a madeira (cerne) em boas condições. Isso sem considerar a qualidade e dureza da madeira dessa espécie, tão resistente que recebeu no nome “FERRO”

árvore cortada em São Paulo 3- foto de Alessandra Araújo

Chega a ser cômico o “6 dias úteis para apresentar recurso a partir da publicação no DO” Qual cidadão tem tempo de ler o Diário Oficial todo dia para saber se as árvores de sua rua estão em perigo?

árvore cortada em São Paulo - foto de Ricardo Cardim

Aqui outra árvore degolada de forma idêntica na Avenida Europa, mostrando indícios de que existe um padrão na atual gestão.

Os cidadãos revoltados com esse corte elaboraram um abaixo assinado, abaixo:

https://secure.avaaz.org/po/petition/Subprefeitura_de_Pinheiros_Sao_Paulo_Capital_Criar_um_simbolo_de_maus_tratos_com_nossas_arvores/?cQbArab

Ricardo Cardim

Anúncios

Sobre Ricardo Cardim

www.arvoresdesaopaulo.com.br
Esse post foi publicado em amigos das árvores de São Paulo, arborização urbana, Árvores de São Paulo, árvore urbana, árvores, meio ambiente, meio ambiente urbano, podas de árvores, queda de árvores, quedas de árvores, São Paulo, sustentabilidade urbana, tempestades de verão e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s