Arquivo da tag: parque trianon

Amargo é o remédio. Porque defendo retirar as palmeiras invasoras do Parque Trianon

“Amargo é o remédio, mas é ele quem vai salvar o doente”. O doente, nesse caso, é o querido Parque Trianon ou Siqueira Campos, na Avenida Paulista. Pedacinho da antiga mata do Caaguaçú, ou “mata grande” em tupi, constitui o … Continuar lendo

Publicidade

Publicado em arborização urbana, Árvores de São Paulo, árvores, Biodiversidade paulistana, destruição do verde em São Paulo, espécies invasoras, meio ambiente, meio ambiente urbano, meio ambiente urbano em São Paulo, sustentabilidade urbana | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Bromélias, orquídeas e outras epífitas nas copas das árvores centenárias paulistanas – relíquias de uma Mata Atlântica desaparecida

Árvores muito antigas na Mata Atlântica costumam ter uma complexa biodiversidade nas suas copas, que formam um outro “andar de floresta” constituída por plantas epífitas – que não são parasitas – e abrigam uma fauna especializada. São orquídeas, bromélias, cactos, imbés, samambaias e … Continuar lendo

Publicado em arborização urbana, Árvores de São Paulo, Árvores históricas de São Paulo, árvore urbana, árvores, árvores antigas, árvores brasileiras, árvores nativas, árvores veteranas de guerra, Biodiversidade paulistana, bromelias, guia de árvores em São Paulo, História de São Paulo, Mata Atlântica, ruas arborizadas, sustentabilidade urbana | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 5 Comentários

Avenida Paulista – 120 anos atrás era “mata grande” ou Caaguaçu

Caaguaçu era como os índios chamavam esse morro alto onde hoje é a avenida mais famosa da cidade de São Paulo – a Paulista. Relatos de séculos atrás falam de uma floresta secular, repleta de árvores enormes de madeira-de-lei. A história deve … Continuar lendo

Publicado em Árvores de São Paulo, Árvores históricas de São Paulo, árvores frutíferas, árvores nativas, Biodiversidade paulistana | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 6 Comentários