Passeio gratuito pelas árvores do Parque Ibirapuera no VIVA MATA 2014

No VIVA MATA organizado pela S.O.S Mata Atlântica desse ano iremos participar no dia 24/05, sábado, às 10 hs, com um passeio inédito pela história, cultura e botânica das árvores e vegetação do parque mais querido de São Paulo, o Ibirapuera. Segundo a SOSMA:

“A 10º edição do “Viva a Mata: Encontro Nacional pela Mata Atlântica acontecerá entre os dias 23 e 25 de maio, das 09h às 18h, na Marquise do Parque Ibirapuera, em São Paulo. O evento celebra o Dia Nacional da Mata Atlântica, comemorado oficialmente em 27 de maio.

O tema da 10ª. edição é “Mata Atlântica, Sua Casa”, para sensibilizar a população a respeito da relação entre a floresta, o ambiente urbano e a qualidade de vida.

Gratuito e aberto ao público, o evento trará diversas atrações como exposições, shows, peças de teatro, palestras e debates, além das atividades interativas que acontecem nos espaços temáticos: Floresta, Mar, Bichos da Mata, Água e Ambiente Urbano.   A 10ª edição conta com uma atração inédita: um passeio guiado pelo parque, no qual o botânico Ricardo Cardim irá mostrar diferentes espécies de árvores e falar da história e importância de cada uma para São Paulo.”

viva mata

No final do passeio plantaremos 4 exemplares de cambuci, a árvore frutífera da Mata Atlântica que é símbolo da cidade de São Paulo e hoje está quase extinta. E também duas cerejeiras nativas para ajudar a biodiversidade do Ibirapuera.

Espero vocês lá!!

Ricardo Cardim

Sobre Ricardo Cardim

www.arvoresdesaopaulo.com.br
Esse post foi publicado em arborização urbana, Árvores de São Paulo, Árvores históricas de São Paulo, árvore urbana, árvores, árvores brasileiras e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

9 respostas para Passeio gratuito pelas árvores do Parque Ibirapuera no VIVA MATA 2014

  1. Regina Cecilia Milanesi Pereira disse:

    Ótima iniciativa, parabéns!!

    Date: Wed, 21 May 2014 21:29:44 +0000 To: rcmilanesi@hotmail.com

  2. ricardofarofino@terra.com.br disse:

    Boa noite,acompanho suas matérias e como cuido do jardim da escola, gostaria de saber como consigo 3 mudas de Cambuci, para plantar aqui no jardim.abraços

  3. Que bom!!Estarei presente!Grata!!

  4. arqweltonsantos disse:

    Árvores, soberanas nas florestas o que dizer de sua situação nas cidades, compreendê-las em seus próprios benefícios dentro do ecossistema.
    Welton Santos
    eco-bioenergia

  5. Célia Cymbalista disse:

    Ricardo,

    Na minha vizinhança tem um Jequitibá maravilhoso, que deu muitas sementes, que foram plantadas e agora há muitas mudas disponíveis.Queremos encaminhá-las para plantio em parques. Pode nos ajudar?

    Célia

  6. vilton giglio disse:

    Bom dia
    Cardim
    Venho acompanhando seu trabalho algum tempo,admiro-o muito,inclusive por ser um jovem e tão dedicado a natureza,tive o prazer de conheço-lo no Parque Ibirapuera, “passeio das árvores”até prefiro assim por sermos nativos do Brasil e fica mais suave,dia 23.05.2014, as 10,oo hs.até Deus nos contemplou com a garôa,um grupo heterogeneo,com mais de cincoenta pessoas,fiquei muito surprêso com dois grupos de escoteiros,”os lobinhos”,muito prestativos e com muita ateção “no que” você estava falando,até com perguntas,sras.idosas e idosos,você com muito conhecimento e atencioso,mas o grande final mesmo e confesso um pouco emocionado,foi ao ver todos envolvidos, ao plantarmos quatro mudas de cambuci e duas de cerejeiras,neste nosso cartão postal “Parque Ibirapuera”,próximo ao viveiro Manequinho,espero até um dia comer uma frutinha de cada,realmente foram algumas horas, com muitas fotos,conversas,troca de conhecimento,apredizagem, aliás pergunto a você,qdo. colocaremos uma placa naquelas árvores? daqui uns três anos pode ser?Cardim espero que você continue a mostrar a todos sua sabedoria por muitos anos,conte sempre comigo nessa eterna apredizagem da vida.
    Um forte abraço.
    Vilton Giglio
    Prof. Ed.Fisica.
    Guia de turismo.
    Estudante de direito.

  7. maria helena fessel caldas disse:

    Adorei a ideia deste blog, pois sou historiadora e vivo pesquisando as nossas arvores, mais como ambientalista e apaixonada pelas nossas arvores, sejam nativas ou n’ao. Quando ser’a o proximo ? Sou tambem culinarista e membro do Slow Food por isso gostaria do seu contato.

  8. Larissa Meilick disse:

    Vai ter esse ano de 2015. – pergunta

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s