São Paulo em 1554 – a paisagem histórica dos campos naturais do Parque do Curucutu na Serra do Mar

??????????

Após os morros florestados do horizonte, já é o mar.

Paisagem surpreendente dentro do município de São Paulo, o Núcleo Curucutu do Parque Estadual da Serra do Mar esconde uma vegetação provavelmente semelhante à aquela que o Padre Anchieta, fundador da cidade, vislumbrou quando terminou de subir a difícil Serra do Mar há mais de 450 anos atrás. Enormes áreas descampadas entre a floresta de Mata Atlântica, quase sempre com neblinas úmidas e que combinadas ao solo pobre, formam uma região campestre, conhecidos como “campos nebulares”, que faziam também parte dos antigos “Campos de Piratininga” que nomearam São Paulo nos primeiros anos.

Dono de uma biodiversidade interessante, esses campos nativos tem curiosidades como plantas carnívoras, sempre-vivas, clúsias, orquídeas e “bonsais naturais”.  A sensação é de realmente estar muito longe da metrópole. Outro destaque é o rio Capivari, o último totalmente limpo do município segundo informação do parque, e ótima ocasião para experimentar tomar água direto do rio.

Tomando água no Rio Capivari.

Tomando água no Rio Capivari.

Araçá em forma de "bonsai" no meio dos campos.

Araçá em forma de “bonsai” no meio dos campos.

A costumeira neblina se aproximando vinda do mar.

A costumeira neblina se aproximando vinda do mar.

capim-arroz (Lagenocarpus rigidus), espécie típica nos campos

capim-arroz (Lagenocarpus rigidus), espécie típica nos campos

Planta carnívora da Mata Atlântica, a Drosera villosa.

Planta carnívora da Mata Atlântica, a Drosera villosa.

As belas flores da sempre-viva (Leiothrix flavescens)

As belas flores da sempre-viva (Leiothrix flavescens)

Há algumas décadas trás foram plantados milhares de pinus (Pinus elliotti), uma árvore estrangeira usada normalmente para reflorestamento comercial e invasora agressiva. A espécie já está amplamente disseminada nos campos naturais, colocando-os em risco e alterando a paisagem. O Instituto Florestal, responsável pelo parque, precisa urgentemente começar o manejo dos pinus.

Árvore estrangeira invasora, o pinus está ocupando os campos naturais.

Árvore estrangeira invasora, o pinus está ocupando os campos naturais.

O parque possui muitas trilhas e boa infra-estrutura com monitores. Situado a 70 km do centro, seu endereço é Rua da Bela Vista, 7090, Embura do Alto. As visitas tem que ser agendadas previamente pelo telefone 5975-2000, e são gratuitas.

Horário de funcionamento – terça a domingo, das 8:30 às 16:30.

Como chegar:

https://maps.google.com.br/maps/msie=UTF8&t=h&source=

embed&oe=UTF8&msa=0&msid=2105417208799

75971869.00049de7a782b11aeaa35&dg=feature

Ricardo Cardim

Sobre Ricardo Cardim

www.arvoresdesaopaulo.com.br
Esse post foi publicado em Biodiversidade paulistana, Botânica, campos cerrados em São Paulo, cerrado em São Paulo, curiosidades do verde paulistano, História de São Paulo, Mata Atlântica, meio ambiente urbano, meio ambiente urbano em São Paulo, orquídeas, Paisagem, São Paulo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para São Paulo em 1554 – a paisagem histórica dos campos naturais do Parque do Curucutu na Serra do Mar

  1. Ricardo,adorei mais este post!Gostei muito de saber que estes campos se assemelham aos que os primeiros moradores de nossa cidade conheceram nos anos de 1500.Abraços.

  2. dalva disse:

    Estive lá com o pessoal do Clube da Caminhada, e fiquei surpresa com a beleza do local, das instalações do núcleo, tudo. Parece pouco frequentado… sei lá por quê.

  3. David Kim disse:

    A vegetação parece ser bem semelhante à dos campos de altitude de Campos do Jordão. Quando faço trilhas por lá, vejo muitas sempre-vivas, araçás e droseras. Lá também o elliotti e outros pinus se tornaram pragas que não deixam mais nada crescer em volta.

  4. Jose Donizete disse:

    muito preocupante a invasão dos campos naturais, pelos pinus dentro de pouco tempo tudo isso poderá acabar precisa urgente remanejamento poder publico vamos por a mão na massa.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s