Frutas nas ruas de São Paulo – o abacateiro

 

Abacateiro florindo no centro de São Paulo nesse mês.

Abacateiro florindo no centro de São Paulo nesse mês.

O que começa muitas vezes como um simples experimento na pia da cozinha resulta em possivelmente a árvore frutífera mais abundante nas ruas e praças paulistanas, o abacateiro (Persea americana). Fruta com um caroço grande e pesado, que chama a atenção a ponto de “dar dó de jogar no lixo”, o abacateiro vai sendo plantado em qualquer espaço e acaba se beneficiando desse hábito, e hoje está em praticamente todas as áreas verdes da cidade.

Um dos métodos mais usados é o de espetar palitos no caroço, com sua “fenda” em sentido vertical e deixá-lo no centro de um copo com água, de modo que ele fique somente com a parte de baixo em contato, de onde sairá suas raízes, como na foto abaixo. Nesse tipo de germinação, ele chega a ficar com até 30 cm de altura e várias folhas, graças a grande reserva de alimento que a semente contém para o embrião. Mas em algum momento fica grande demais ou começa a amarelar, e aí… vai para a cidade.

Como surgiram quase todos os abacateiros nas ruas e calçadas de São Paulo

De tão comum, muitos acreditam que o abacateiro é brasileiro, mas na verdade ele é originário do México. Seu plantio nas calçadas e praças não é indicado por um fator “de peso” – o grande tamanho do fruto. Não é nada agradável receber um abacate maduro na cabeça ou sobre o carro estacionado. Mas independente disso, é muito interessante observar como as plantas com sementes grandes (também é o caso da manga) são as preferidas da população para mudas caseiras e plantio nas ruas.

Abacateiro de grande porte na Avenida Brigadeiro Luís Antônio

Abacateiro de grande porte na Avenida Brigadeiro Luís Antônio

Ricardo Cardim

 

Sobre Ricardo Cardim

Paisagista e Botânico www.cardimpaisagismo.com.br www.arvoresdesaopaulo.com.br
Esse post foi publicado em Árvores de São Paulo, árvore urbana, árvores, árvores frutíferas, paredes verdes, telhado verde, telhados verdes e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

7 respostas para Frutas nas ruas de São Paulo – o abacateiro

  1. Cybelle de Lima disse:

    Olá:
    È uma árvore bonita e frondosa e o fruto muito apreciado, mas, de fato, nada prática para áreas públicas! Certo dia, vindo de ônibus no corredor Rebouças/Consolação o ônibus foi atingido por um abacate que fica na calçada central, ( na altura da estação Paulista do metrô) e teve o vidro da frente – o do motorista – trincado, de alto a baixo! Foi um susto mas ninguém se machucou, O motorista pediu que quem pudesse deixasse um telefone de contato caso fosse necessário um testemunho, junto à empresa. Como estava logo atrás e vi tudo, deixei, Mas fico sempre pensando se terá sido o único caso! Que lugar para plantar um abacateiro!!

    Cybelle

  2. David Kim disse:

    Eu sou um dos que não têm coragem de descartar os caroços. Deixo-os secando ao sol, e quando já não são capazes de germinar, uso-os como adubo para as plantas. Acabei de descobrir que, apesar de serem levemente amargos, são comestíveis, tendo maior capacidade antioxidante do que a polpa. Podem ser usados na forma de farinha (http://www.pucminas.br/noponto/materia.php?codigo=260&PHPSESSID=33d8542e9dddc53f56c66b18891e8112) e também batidos numa vitamina.

  3. dalva disse:

    Exatamente, Sr Ricardo! Pior seria receber uma jaca na cabeça, mas o abacate é suficiente para fazer um bom estrago… Abração!

  4. Iaci Morata Martines disse:

    Adoro esta árvore, ela é extremamente produtiva em nosso meio, e por isso tem condições de ajudar na alimentação de muitos. Sempre ganho uns abacates do zelador do prédio da minha mãe e fico muito feliz por isso! No entanto , como o professor Ricardo bem diz, devemos tomar cuidado com o local escolhido para sua inserção. Abs!

  5. Mario Alberto Bayer disse:

    Pegue um abacate maduro e coloque na geladeira.
    Quando gelado corte-o ao meio, remova o caroço
    Esprema o caldo de meio limão e coloque açucar ou adoçante.
    Duvido que haja sorvete mais nutritivo.
    A semente do abacateiro serve para gravar letras em roupas. Se voce quer identificar uma peça de roupa de sua propriedade, baste pegar a semente do abacate, sem a casca, colocar sob o local onde voce quer gravar suas iniciais e ir pontilhando com uma agulha. Cuidado isso não sai mais. Não sei se pega em tecidos de poliester. Mas pega bem e linho e algodão.

  6. Rodrigo F Rodrigues disse:

    Legal. e eu que tinha vergonha pois pensava que só eu tinha dó do caroço de abacate me sinto melhor agora, hehehe.

  7. Elizabeth. disse:

    Sempre convivi com abacateiros desde a infância. Em geral admiro muito todos os tipos de árvores e arbustos, só não me sobra muito tempo para ajudar a ocupar “pedaços de terra ociosos” em nossa cidade, Santos. Já plantei uma muda de abacateiro à beira da ciclovia, durou só um ano, a terra era pouca e por baixo do gramado havia ainda uma antiga calçada. Foi num domingo pela manhã ( eu estava só, com uma pequena enxada, cabo de vassoura, barbante e uma garrafa pet cheia d’água). Meses depois, o abacateiro secou. Então, aqui no meu quintal (Estuário) foram plantados duas mudas de abacateiro. Deus certo! Estão lindos, enormes. A terra tem profundidade e sempre misturamos todos os tipos de cascas de frutas e legumes na terra. Se eu lembrar mando umas fotos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s