Paisagismo sustentável com espécies ameaçadas da cidade de São Paulo

Até o dia 6 de agosto na EXPOLAZER, no Expo Center Norte, estará à mostra um jardim realizado somente com plantas nativas ameaçadas de extinção da vegetação original da cidade de São Paulo. A convite do paisagista Edu Lotfi, forneci a consultoria de espécies, composição biológica, fotos e textos explicativos. Abaixo a apresentação do projeto:

Área com 25 m² representando a riqueza de plantas nativas da biodiversidade paulistana, com dois biomas - Mata Atlântica e Cerrado.

 O que podemos chamar de sustentável em paisagismo? Essa pergunta se torna ainda mais importante se considerarmos o fato de o Brasil ser o país com a maior biodiversidade do planeta. Antes de ser jardim, um terreno já foi natureza, com inúmeras plantas e animais em complexas interações. Respeitar esse rico passado e valorizar a nossa herança natural, aliando a beleza com a funcionalidade ecológica é conseguir esse objetivo. E essa foi a proposta deste espaço.
 
No Ano Internacional das Florestas e, estando São Paulo no domínio da Mata Atlântica, a protagonista do projeto é uma planta em risco de extinção, o palmito-jussara (Euterpe edulis) assim como encontrado originalmente na floresta – uma população de diferentes tamanhos e idades, trazendo um interessante efeito plástico. Para as partes de vegetação baixa, resgatou-se outra bela planta ameaçada, vinda dos cerrados paulistanos, a língua-de-tucano (Eryngium horridum) hoje quase desaparecida em estado nativo na metrópole.
 
O paisagismo urbano sustentável é capaz de resgatar a biodiversidade ancestral e consequentemente a qualidade de vida e bem-estar dos habitantes das cidades. 

Uma trilha atravessa a vegetação, onde à esquerda pode ser observado um palmital de jussaras de diferentes idades e tamanhos, assim como encontrados em florestas paulistanas sobreviventes, como no Pico do Jaraguá.

 

Na parte da frente, presença de diversas frutíferas das Mata Atlântica e Cerrado de grande apelo ornamental e capazes de melhorar o meio ambiente urbano.

 

Trecho com plantas típicas dos campos de cerrado paulistanos (Campos de Piratininga). Araça-do-campo, línga-de-tucano e barba-de-bode vindas do viveiro dos Amigos das Árvores de São Paulo.

 No sábado, 6, a entrada é livre das 10 às 17 hs. Visitem-nos e conheça como a nossa natureza também é bonita e útil!

Localização –

Expo Center Norte
Rua José Bernardo Pinto, 333
São Paulo – SP

 Ricardo Cardim

 

Sobre Ricardo Cardim

www.arvoresdesaopaulo.com.br
Esse post foi publicado em amigos das árvores de São Paulo, Biodiversidade paulistana, paisagismo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Paisagismo sustentável com espécies ameaçadas da cidade de São Paulo

  1. Ricardo:

    Muito oportuna essa exposição!

    São poucas as plantas nativas já empregadas no paisagismo e na jardinagem: orelha-de-onça, gerivá, juçara, quaresmeira, braço-de-mono, alguns ipês, e pouca coisa mais…

    Utilizando-se nossas plantas nativas, é mais fácil chamar a atenção para sua beleza e importância e, com isso, valorizar e proteger as áreas de vegetação natural, que aos poucos vão sendo destruídas furtivamente.

    Envie suas notícias para a lista de informação do Instituto Pró-Endêmicas, que soma esforços com você pela preservação da natureza paulista:

    http://br.groups.yahoo.com/group/proendemicas/

    Abraço,

    Celso

    Celso do Lago Paiva
    Instituto Pró-Endêmicas

  2. Lara disse:

    Muito legal! Como paisagista concordo totalmente. Esse e o presente e principalmente o futuro
    Abraço

  3. Stella Marys disse:

    Boa noite Ricardo!
    Estou pesquisando através da internet, e que tipo de planta ou arbusto nativo p/ uma area urbana de 80 metros onde as laterais do terreno há edificações com moradias e o fundo com o rio onde há muitos bambus. Foi designado que eu plantasse 14 árvóres, mas como a área é estreita e há casas estou com receio que essas mudas venham atrapalhar , o que devo plantar p/ ficar quites com a lei , e sem prejudicar os vizinhos?
    Grata.
    Aguardo

    Stella Marys

    (19) 3893 2679

    (19) 3893 1004

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s