O histórico araça-do-campo paulistano

exemplar adulto nos cerradinhos da USP

Houve um tempo em que esse arbusto cobria os campos da futura cidade de São Paulo. Lugares onde o asfalto e concreto sepultaram a terra há décadas, como  o bairro dos Jardins, já tiveram essa “goiabinha” abundantemente.

Sua presença era tão comum, que nomeou o caminho que ligava a cidade de São Paulo, no atual centro velho, até a cidade de Sorocaba – o caminho do araça – hoje Avenida Consolação. O nome original ainda permanece no cemitério ao lado, outro lugar onde eles eram muitos, e com certeza faziam a alegria das crianças de outras épocas. Na mesa dos  antigos paulistanos,  goiabadas e doces da frutinha eram comuns.

Existem muitas espécies de araça – do tupi ara’sa ou do guarani ara = céu + aza = olho , fruta com olhos para o céu – mas a espécie nativa dos antigos campos paulistanos é o araça-do-campo (Psidium guineense) que ainda podem ser vistas no novo Parque de Campo Cerrado Alfred Usteri no Jaguaré e perto da caixa de água da Cidade Universitária da USP.

Planta excelente para cultivo em paisagismo e vasos, alimenta a fauna e deveria voltar a fazer parte de nossos jardins, terraços, praças e ruas.

araça-do-campo carregado de frutos ainda imaturos nos campos cerrados sobreviventes na Cidade Universitária da USP em julho de 2010

Ricardo Cardim

Anúncios

Sobre Ricardo Cardim

www.arvoresdesaopaulo.com.br
Esse post foi publicado em Árvores de São Paulo, árvores, árvores frutíferas, Biodiversidade paulistana e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

7 respostas para O histórico araça-do-campo paulistano

  1. dalva disse:

    Legal Ricardo… eu pensava que o araçá era uma goiabinha raquítica, rsrsrs. E tenho visto exemplares espalhadinhos pela cidade, agora ficarei de olho neles. O tupi “ara’sa ou do guarani ara = céu + aza = olho , fruta com olhos para o céu” – foi legal também. A língua Tupi é semelhante ao japonês, onde as palavras se aglutinam para formar uma outra palavra.

  2. dalva disse:

    Aproveitando o ensejo, Ricardo, você poderia me dizer que árvores são aquelas no pátio de estacionamento do Memorial da América Latina??? Estão cheias de grandes flores vermelhas, nunca as vi na vida! Obrigada…

  3. Julio disse:

    porque esse grandes chefes da culinária não promovem a espécie em suas receitas?quem sabe assim salvam a espécie.

    • Ricardo Cardim disse:

      É verdade Julio, nossos antepassados usavam muito ele, e agora perdenos totalmente o contato e valorização do araça!

      abs
      Ricardo

  4. Cristina Amichetti disse:

    Boa noite Sr. Ricardo Cardim,

    Adoro plantar e sou voluntária do Projeto Pomar. Levo várias sementes e mudas de árvores para eles. No momento eles não estão recebendo ou fazendo doações por causa da construção de um auditório.
    Tenho várias sementes de Pau ferro e gostaria de doar para alguém que possa cultivá-las.
    Gostaria também de ser voluntária de algum projeto de arborização, preparando as sementes para cultivo ou plantando as árvores já prontas. Caso o senhor conheça alguma Ong que faça este trabalho, peço a gentileza de me indicar.
    Sugiro que o senhor coloque no seu site, que a prefeitura faz plantio de árvores gratuitamente, é só ligar no 156. É uma propaganda a mais e muita gente não sabe.

    Agradeço pela atenção.

    Atenciosamente

    Cristina Amichetti

    • Ricardo Cardim disse:

      Olá Cristina,

      muito obrigado pelo comentário e sugestão. Fica a ótima oferta para os leitores aproveitarem. Quanto a arborização, infelizmente não conheço ainda nenhum organizado em SP aberto ao público, mas quando organizarmos trabalhos nossos lhe convidarei.

      atenciosamente,
      Ricardo

  5. Robeato disse:

    Ricardo, você escreveu sobre como era a cidade de São Paulo em tempos de outrora. Onde posso ler mais sobre isso? Pode indicar uma bibliografia mínima?
    Muito obrigado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s