A histórica canela-preta em São Paulo

canela-preta foto de Ricardo H Cardim

Essa bela árvore acima acredito ser a árvore nativa de maior importância histórica durante os nossos quatro séculos de urbanização. Mas qual a razão? Quando a cidade de São Paulo ainda era restrita à colina entre os rios Tamanduateí e Anhangabaú e suas casas construídas de barro socado, a taipa-de-pilão, essa planta fornecia a madeira mais querida pelos colonizadores.

Resistente, durável e bonita, o cerne escuro da canela-preta (Ocotea catharinensis) foi o preferido para as vigas, caibros e tábuas pelos primeiros moradores e existia em profusão nas florestas paulistanas. Grande parte das raras casas rurais coloniais da Cidade ainda existentes como a Casa Bandeirista do Butantã, a Casa do Tatuapé e o Sítio Morrinhos tem ou teve a árvore no seu madeiramento.

Hoje muito rara na Cidade, está restrita a poucas florestas urbanas como a Serra da Cantareira, e é uma espécie presente na Lista Oficial de Espécies da Flora Brasileira Ameaçada de Extinção do IBAMA. É uma árvore que precisa ser mais plantada, tanto pelo seu importante aspecto histórico-cultural, quanto por sua beleza e indicação para áreas urbanas. Plantei uma no final de 2007 nos jardins da Faculdade de Odontologia da USP junto com muitas outras espécies nativas, e ela se adaptou muito bem à condição urbana.

Ricardo Henrique Cardim

Sobre Ricardo Cardim

www.arvoresdesaopaulo.com.br
Esse post foi publicado em Árvores de São Paulo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

14 respostas para A histórica canela-preta em São Paulo

  1. Marcos disse:

    Muito resistente mesmo!
    Conheci uma porta feita de Canela preta de 1932, na tentativa de fazer um furo nela, acabei colocando fogo, além do cheio encantador o furo não aconteceu, pelo menos conheci seu cheiro e ela ficou sem furo mesmo!Rssss e deve durar uns 5000 anos ainda!
    Esta porta era a sobrevivente de cupins que com certeza tbm a acham dura!Rsss
    Bj.
    Marcos Reis

  2. Gostaria de parabenizar a reportagem e divulgar o Programa Plante Árvore de Doação de Mudas Nativas do Instituto Brasileiro de Florestas que atende vários estados, inclusive São Paulo.

    Os interessados em receber gratuitamente mais de 80 variedades de mudas de espécies nativas devem ligar para o Disque Árvore: (43)3324-7551. Maiores informações no site http://www.plantearvore.com.br

    • Ricardo Cardim disse:

      Olá Solano,

      Obrigado! vou divulgar essa iniciativa tão importante.

  3. Érica Sena disse:

    Oi Ricado,

    acabei de ser contemplada om o selo internacional ” COMPROMETIDOS 2009″, recebido através do Fusca Brasil.
    Além da felicidade de ter recebido, posso contemplar outros blogs merecedores, como o seu!

    Passe no meu blog e pegue o selo para ser postado.

    http://pensareco.blogspot.com/2009/07/pensar-eco-e-contemplada-com-o-selo.html

    Parabéns!! Agora indique outros blogs que considere dignos do prêmio.

    Abs,

    Érica Sena/ Pensar eco

    • Ricardo Cardim disse:

      Obrigado pela escolha Érica, ficamos lisonjeados. Vou indicar outros blogs.
      abraços
      Ricardo

  4. dalva disse:

    Belo texto, Ricardo, muito bom e muito bem escrito.
    Você plantou uma árvore lá, foi? E ela continua lá? Vale a pena conferir, a Odonto é aqui ao lado, na cidade universitária? Parabéns, e procurarei visitar não só a sua arvorezinha como também essas casas a que você se refere. Abraço.

    • Ricardo Cardim disse:

      Obrigado Dalva,

      quando for lá visitar, a arvorezinha está à direita de quem sai no estacionamento da Fundação, e as casas valem muito a pena como programa de fim-de-semana. Depois me conte o que achou.

      abração
      Ricardo

  5. manoel bittencourt disse:

    Olá, estou montando um site sobre as canelas, uma especie que tenho grande admiração e trabalhei muito com esta madeira.
    Agora pretendo desenvolver o cultivo e preservaçao .
    Possuo varias especies de canela mas a preta não é muito comum na minha regiao (Itajai-SC) gostaria de receber fotos com mais detalhes(casca,folhas,etc) para uma possivel identificaçao da especie na natureza. Obrigado.

    • Ricardo Cardim disse:

      Manoel,

      legal sua iniciativa. infelizmente não tenho as fotos, devido a grande altura do exemplar que fotografei.
      att

  6. Ricardo,posso plantar pigos-de-ouro nas margens do rio?além dele crescer bastante ele poderá atrai pássaros?.

  7. Ricardo,posso plantar pingos-de-ouro nas margens do rio?além dele crescer bastante ele poderá atrai pássaros?.

    • Ricardo Cardim disse:

      Edemar, melhor não. ela é uma planta nativa do mexico e não tem nada a ver com nossa biodiversidade, podendo ate causar mal. Por que não planta pitangueiras? são belas, nativas, ótimas para matas ciliares eos passaros adoram.

  8. João Carlos Nogueira disse:

    Quero parabenizar a todos sobre os comentários bem condizentes com a história da espécie e gostaria de tirar uma dúvida. É possível que a canela preta tenha alguma intolerancia a excesos de água no solo?

    A pergunta se faz devido ter ocorrido morte em vários exemplares que foram plantadas por uma empresa de paisagismo em nosso condomínio recém inalgurado.

    Nas investigações iniciais em busca de descobrir os motivos da morte delas, percebemos que com apenas 40 cm de profundidade em uma escavação para fincar batentes de um redário, encontramos água abundante.

    Outros exemplares de varias espécias diferentes e que foram plantadas pela mesma empresa, não tiveram problemas e estão indo bem. Felismente só a canela negou, mas estamos empenhados em encontrar uma solução, pois ela realmente é linda, além de ser histórica.

    Tenho uma imensidão de exemplares de várias idades e portes diferentes em uma reserva ecológica, em meu sítio que fica no Sul de Minas Gerais e já observei que ela vai bem até em locais muito seco e de grandes altitudes e também em beiras de brejos ou barrancos sobre nascentes com menos de um metro de altura em relação ao olho D´água.

    Alguém pode me ajudar?

    Grato

    JCN

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s