A beleza dos troncos verdes das tipuanas paulistanas

pteridófita Microgramma vaccinifolia no caule de tipuana foto de Ricardo Cardimno caule de tipuana foto de Ricardo Cardim

 

A tipuana (Tipuana tipu), uma árvore muito comum na arborização urbana de São Paulo e dominante em diversos bairros da Capital, chega a ser um símbolo de alguns, como o Jardins. As ruas repletas delas  formam “túneis verdes” e  podem  ser consideradas um cartão-postal de São Paulo. Geralmente grandes árvores, na Cidade seus exemplares são antigos, remanescentes de plantios da década de 20 a 60 do século passado.

Nativa da Bolívia e Argentina,  seu nome vem do rio boliviano Tipuani, onde  vivem no seu vale, uma zona montanhosa e de atividade mineira. Quem as observa, percebe uma densa “grama” crescendo e cobrindo o tronco e ramos de tipuanas, aumentando ainda mais a sensação de vegetação densa que elas proporcionam.

Trata-se de uma samambaia epífita nativa, que mal nenhum causa à árvore. É a Microgramma vaccinifolia, ou samambaia-grama, que gosta da rugosidade e umidade do tronco da tipuana, além de sua ampla sombra. Usa a tipuana apenas como suporte, e traz ainda mais beleza aos bairros arborizados com ela.

Ricardo Henrique Cardim

tipuana alameda Jaú foto de Ricardo Cardim

Antiga tipuana na Alameda Jaú, nos Jardins.

Sobre Ricardo Cardim

www.arvoresdesaopaulo.com.br
Esse post foi publicado em arborização urbana, Árvores de São Paulo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

23 respostas para A beleza dos troncos verdes das tipuanas paulistanas

  1. dalva disse:

    Eu já vivia olhando para as árvores… agora, com essas dicas, vou acabar caindo dentro de algum bueiro!

  2. Rafael Abreu disse:

    Como gostaria que todos os meus vizinhos resolvessem plantar arvores assim aqui no meu bairro, certamente teriamos uma qualidade de vida melhor. Mas aqui onde vivo o cimento é o elemento predominante! Algumas plantinhas apenas consegue se instalar na rua, numa briga desleal contra esse urbanismo burro que beneficia apenas aos automoveis! Tem foto no meu blog das tais plantas, é deprimente ver que a natureza representa o lado fraco da questao… e nesse momento perde a guerra! Mas com a ajuda de pessoas assim como você quem sabe um dia não possamos reverter a situação, não é mesmo? Abraços!

    • Olá Rafael, obrigado! Vi seu blog, muito legal. Temos que trabalhar bastante ainda para morarmos na cidade que queremos.
      abraços

  3. Pingback: Incrível estampa nas árvores da cidade! « Blog do Árvores Vivas

  4. Marta Ro disse:

    Moro na Rua Abílio Soares, há 17 anos. Era uma rua muito bonita, cheia de casas e árvores como uma Tipuana frondosa com 15 metros de altura, em frente ao meu prédio. Haviam poucos prédios na rua nessa época e comércio mesmo só alguns próximos à Rua Tutóia. Com o tempo as casas foram se transformando em comércio e as árvores começaram a atrapalhar alguns desses comércios. A prefeitura que não gasta para conservar as árvores, paga muito bem para empresas que cortam árvores à pedido dos próprios moradores e comerciantes. A desculpa é sempre a mesma. Tiramos daqui e plantaremos outra lá…não sei aonde. E a rua vai ficando careca. Essa tipuana foi atacada por cupins no seu tronco e nada se fez parac curá-la. Ao invés de admirarem sua beleza, olhavam-na como uma ameaça. Eu fui chamada de louca por uma funcionaria do departamento de árvores e jardins de Vila Mariana porque fui lá pedir para não cortarem a árvore e sim, cuidarem dela pois estava doente.

  5. Marta Ro disse:

    Essa funcionaria pública, me disse que nunca mais faria nada por essa árvore e esperava que um dia ela caísse na minha cabeça. Mas não ouve jeito, o ponto de taxi recentemente instalado sob as árvores, reclamavam da resina que ela solta no inverno e dos galhos que caíam com a chuva forte. Os comerciantes da rua, tinham medo que um dia ela caísse sobre eles. A síndica do meu prédio não deu tregua para a pobre….até que um dia ela foi cortada. Deu trabalho, apesar o ninho de cupins, seu tronco de 50 cm de diâmetro estava vivo e cheio de seiva vermelha como se fosse sangue…A moto serra funcionou um dia inteiro para terminar aquele serviço sujo…eu chorei muito ao ver aquela velha senhora abatida em meio às dezenas de ninhos de passarinhos estraçalhados no chão. Sua raiz não foi retirada de tão firme que estva fincada ao solo.

    • Ricardo Cardim disse:

      Marta,

      sua história não está sozinha, recebo muitas mensagens de situações assim – todos reclamam e demonizam a árvore, mas adoram seus serviços, mesmo sem saber – do ar úmido, da temperatura fresca e agradável, do ar puro, do canto dos passarinhos, da sombra reconfortante, e principalmente, de estacionar o carro debaixo delas. A árvore, como não pode se defender sozinha, serve muitas vezes de “bode expiatório” à problemas emocionais de algumas pessoas. Porque não planta uma árvore nova no local da derrubada? Dá uma olhada em nossa parte “contato” com a lista de espécies indicadas.
      abraços e parabéns pela luta,
      Ricardo

    • Dê uma motosserra na mão de um brasileiro e descubra o DNA escondido. E tenho dito.

  6. Marta Ro disse:

    Errei – no lugar de ouve, leia-se houve. Desculpem-me. Obrigada.

  7. Evlen disse:

    Nada sabia a respeito da existência da respectiva árvore.Agora que estou desenvolvendo em uma escola em MG um projeto voltado para o meio ambiente, a meus alunos foi proposto a leitura do livro “É preciso lutar”, que trata do corte de uma tipuana.Assim sendo, venho buscando informações a respeito da mesma.A leitura acima me foi muito produtiva.
    Vou aproveitá-las para que meus alunos possam se inteirar mais.

    • Ricardo Cardim disse:

      Olá Evlen,

      a tipuana é importante, porém ela é da Bolívia, mais interessante seria falar das árvores nativas de sua cidade, que habitam as matas e cerrados e fazer os alunos perceberem nossa riqueza vegetal local.

      abs, e boa sorte

  8. Olá Ricardo gostaria de saber se existe corticeira de flor branca nativa do brasil?se tivesse como eu mandar para vc fotos de algumas árvores nativas de minha cidade para vc ver.obrigado pela atenção.

  9. amanda disse:

    eu adoro esta arvore vo fazer um trabalho sobre ela

  10. Fátima bioenergia disse:

    Oi Ricardo, tenho dois pés de tipuana, em vasos, porque moro de aluguel e nessa casa não tem nem uma grama de terra a não ser meus vasos de plantas e hortaliças, adoraria ficar com elas em meus vasos pra sempre, mas, acho que não vai longe…mesmo podando elas crescem muito, me assustei quando vi uma de 25 metro de altura… altura de um prédio de seis andares…ho que dó das tipuanas que eu tenho! São lindas demais!

  11. Sonia disse:

    Amo as tipuanas e os ipês. Você conhece uma planta que se chama incenso? Também é algo a se admirar quando florida. Simplesmente maravilhosa, com grandes cachos acinzentados, grisalhos.

  12. Sonia disse:

    Comente algo sobre as sibipirunas magníficas que há em São Paulo e também sobre aquelas lindas árvores delgadas, cujo tronco se descasca, deixando ver o branco. Creio que por isso na minha terra são chamadas de farinha-seca. Nem sei se existe realmente este nome. São Paulo tem árvores belíssimas, que me encantam pela força que demonstram. Os jacarandás-mimosos com seus xales roxos, as espatódeas e os flamboiãs chamejantes, os manacás e as quaresmeiras são um deleite.

  13. Olha a lógica burra da prefeitura, para privilegiar os carros, vai cortar 30 tipuanas na Av Franscisco Matarazzo… https://arvoresdesaopaulo.wordpress.com/2009/07/03/a-verde-grama-nos-troncos-das-tipuanas-paulistanas/

  14. Pingback: São Paulo também abraça suas árvores

  15. Pingback: Reação popular faz prefeitura suspender corte de árvores em SP

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s