Plantar árvores na época certa é fundamental!

Mudas mortas por falta de regas na estação seca

Mudas mortas por falta de regas na estação seca

Colher a semente, plantá-la na terra, fazer a muda, irrigar constantemente, podar a muda até ter o formato desejado, transportar até o local de plantio definitivo, abrir uma grande cova, espalhar adubo, plantar a muda, irrigar, estaquear e pronto! Deu trabalho, custou dinheiro, mas mais uma árvore foi plantada. Sim. Embora isso seja apenas uma parte de se plantar uma árvore. Falta a manutenção. Falta quase tudo. 

A manutenção, etapa pós-plantio, é crucial para a muda ter sucesso e virar uma árvore adulta. Quando se organizam plantios, muitas vezes fazem-se mutirões comunitários, festas, presença de autoridades, e depois de tudo, as mudinhas são largadas à própria sorte. Assim como filhotes de qualquer espécie animal, as mudas precisam de cuidados para ter futuro. E um fator de grande importância é a disponibilidade de água, seja de chuva ou irrigação.

Em São Paulo existe uma época onde NÃO se deve plantar árvores – a estação seca – de abril a setembro, sendo muito fácil a muda morrer nesses meses por falta de água se não for regada constantemente, e todo o trabalho despendido ser inútil. Por isso, caso queira plantar árvores, fazer uma ação legal de plantio, e não pode regar as mudas duas vezes por semana durante muitos meses, espere as chuvas do mês de outubro, você terá mais chances de ver seu trabalho dar frutos.

Ricardo Henrique Cardim

Sobre Ricardo Cardim

www.arvoresdesaopaulo.com.br
Esse post foi publicado em Árvores de São Paulo, árvore urbana e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Plantar árvores na época certa é fundamental!

  1. dalva disse:

    Então… não sei se vou falar besteira (é bem provável!) mas conheci uma cidade na região de Mendoza, Argentina, chamada San Rafael, onde a irrigação é feita por azequias, ou acequias. Cabe à municipalidade a irrigação artificial das árvores da cidade, que de outra forma seria igual ao deserto que a cerca. A água vem de longe, dos poucos rios que descem dos Andes. Resultado: árvores frondosas por todos os lados, um clima adorável e fresco por todas as ruas. Difícil, mas não impossível. Se os hermanos podem…

  2. Bruno Balboni disse:

    Olá Ricardo,
    Ainda existe uma outra solução, que não é barata… Existe um produto (não farei propagandas!) que é colocado junto ao torrão da muda no momento do plantio, esta substância retém água e a disponibiliza para a muda em épocas de déficit hídrico. É uma saída para aqueles que não podem esperar!
    Abraços,
    Bruno Balboni

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s