Afinal, a grama é para pisar ou não?

 

 

Há cerca de um século atrás, os jardins públicos dentro das cidades eram vistos como um espaço de contemplação, como uma bela pintura da natureza, e deveriam ser mantidos inacessíveis a população, de forma a se ter uma “paisagem” perfeita e impecavelmente cuidada. Assim, o cidadão tinha que se restringir ao caminho cimentado, e se ousasse pisar na área verde era logo constrangido e repreendido pela autoridade de plantão por desobedecer as placas “não pise na grama”.

O mundo se tornou outro depois de tanto tempo, mas essa regra continuou. As cidades viraram amontoados de prédios e vias asfaltadas, as pessoas perderam seus quintais e hortas e passaram a morar em lugares cada vez mais apertados e sem contato com a natureza. Qual o sentido de uma proibição arcaica como essa ainda exisitir nos espaços públicos?

Me fiz essa pergunta visitando o Jardim Botânico do Rio de Janeiro, repleto de pequenas placas com informações botânicas sob as árvores em meio a extensos gramados “inacessíveis” por avisos e guardas. O visitante interessado precisará certamente de um binóculo para enxergá-las.

Situações como essa mostram o atraso dessas proibições. Grama em espaços públicos é para pisar, as crianças brincarem, se fazerem pic-nics e outras formas de lazer e convívio com a natureza. E ela  não estraga. Basta ver os gramados do Parque do Ibirapuera, pisoteados por milhares todos os dias.

Placas inúteis em um gramado "intocável" no Jardim Botânico do Rio de Janeiro.

Placas inúteis em um gramado “intocável” no Jardim Botânico do Rio de Janeiro.

 

 

Ricardo Cardim

About these ads

Sobre Ricardo Cardim

www.arvoresdesaopaulo.com.br
Esse post foi publicado em meio ambiente urbano, meio ambiente urbano em São Paulo, sustentabilidade urbana e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

7 respostas para Afinal, a grama é para pisar ou não?

  1. Já vi muitas pessoas falarem isso, para não se pisar na grama.
    É muito importante que as pessoas interajam com o ambiente verde, até mesmo porque eles são cada vez mais raros nos centros urbanos.
    Outra justificativa para se pisar na grama são os jogos de futebol de campo!

    Parabéns pelo texto.

    Abraços,
    Felipe Furtado Frigieri

  2. Pingback: Grama foi feita para ser pisada (e algumas regras, para serem quebradas) | blog da kikacastro

  3. Lamentável erro. Como é bom no final do dia, tirar o calçado e relaxar os pés na grama.

  4. Ivan disse:

    Acho muito irrelevante pisar na grama, mesmo que ela estrague! As pessoas têm o direito de pisar na grama, de tocar em uma árvore e de cheirar uma flor. Essas são as atitudes que fortalecem a harmonia entre ser humano e natureza, e não uma placa escrito “respeite a natureza”. Portanto, essas primeiras atitudes deveriam ser inclusive incentivadas! As gramas que fazem parte de um canteiro de flores, por exemplo, eu concordo que devem ser preservadas, e nesse caso devem ser protegidas com uma simples cerquinha, apenas para desviar o rumo dos pedestres. Ninguém vai se dar ao luxo de ficar pulando cerca pra pisar em grama ou pra pegar um atalho, aí sim as pessoas percorrerão o calçamento e nem lembrarão da grama, é quase que inconsciente. Em relação às gramas de praças, parques, matas, calçadas, entre outras devem ser pisadas sim!

  5. Antonio disse:

    Vão pisando tudo, usando tudo, gastando tudo, esgotando tudo, quem sabe se agente não consegue destruir tudo até 2050?

    • Rick disse:

      Tipico comentário de quem é desinformado. A maioria dos gramados públicos no Brasil são de grama esmeralda, que são feitas sim para SEREM pisadas. Elas aguentam muito bem o trafego. Não acredita? Então saiba que as gramas dos estádios de futebol são de grama esmeralda. Já pensou jogar bola sem pisar no gramado?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s