Florestas coloridas – os manacás da Serra do Mar

Trecho da estrada que segue para o antigo "Caminho do Mar" repleto de manacás.

Flor jovem do manacá-da-serra.

 manacá florido - foto de Ricardo Cardim - direitos reservados.

Auge da floração.

Nas matas próximas a Serra do Mar, já bastante alteradas pelo homem, eles aparecem abundantemente. Vista da rodovia dos Imigrantes.

Árvore nativa típica da Mata Atlântica da Serra do Mar, o manacá-da-serra (Tibouchina mutabilis) está há algumas semanas no seu máximo da floração. Para quem percorre as estradas que descem ao litoral sul, é fácil observar os imensos buquês em meio ao verde da mata, com maior destaque nas suas bordas, já que a espécie é pioneira e prefere locais ensolarados e florestas pertubadas.

Na cidade de São Paulo, infelizmente são raros os lugares onde ela ainda aparece no seu estado nativo, embora no passado tenha participado de boa parte de nossas matas. Um exemplo é na marginal do Rio Pinheiros, nas encostas perto do Parque Burle Marx, com alguns exemplares sobreviventes que podem ser avistados da via expressa.

Um dos seus  aspectos mais interessante é o fato das flores desabrocharem na cor branca e irem se alterando para rosa e diversas variações, até ficarem violetas. De crescimento rápido e muito ornamental, é indicada para o paisagismo, sendo atualmente fácil de encontrar suas mudas no comércio especializado (com os parabéns a quem iniciou seu cultivo comercial).

Ricardo Cardim

About these ads

Sobre Ricardo Cardim

www.arvoresdesaopaulo.com.br
Esse post foi publicado em Árvores de São Paulo, árvores floridas, árvores nativas, árvores ornamentais e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

11 respostas para Florestas coloridas – os manacás da Serra do Mar

  1. dalva disse:

    Manacás floridos! Aquelas paisagens na descida da Serra do Mar são doces recordações da infância de muitos de nós.

  2. Vini Marson disse:

    Oi, Ricardo,

    A Serra da Cantareira tb está assim linda e colorida! O caminho entre Guarulhos e o túnel da Mata Fria está todo pipocado de flores! Pena q tem o contraste com as ocupações descaradamente ilegais por todo o lado… abrço!

    • Ricardo Cardim disse:

      Bom saber, vou tentar dar uma passada por lá. Até quando teremos essas florações? Com essas ocupações, realmente acredito serem mais poucos anos até tudo desaparecer….

      abraços

  3. Leda Lucas disse:

    Oi, Cardim!
    Obrigada pela postagem. Adorei saber um pouco mais sobre o manacá-da-serra.
    Tive o imenso prazer de ver estas amadas árvores no Alto da Serra, aí na Imigrantes, na semana passada.
    As árvores de nossa cidade estão lindas; né?
    Longa e saudável vida a todas elas!
    Abraço.
    Leda

    • Ricardo Cardim disse:

      é verdade Leda! essa época do ano é belissima para os amigos das árvores paulistanas….

      abs

  4. David Kim disse:

    Comprei uma muda recentemente e transplantei-a anteontem para um grande vaso. Espero eventualmente plantá-la na calçada em frente de casa. Moro no Pari e minha rua tem um única árvore, uma figueira que cresceu espontaneamente junto a uma parede.

  5. Adelina disse:

    Belas fotos! agradecemos pelas informações.

  6. Walter disse:

    Boa noite! Parabens por usar tao bem o espaço, de fato, as arvores nos recompensam com vida – oxigenio, beleza impar, serenidade…transmitem paz de modo unico a nossa alma como um poeta que nos fala…ao passarmos por elas…e necessario apenas encararmos a elas para percebermos a singularidade de seus olhares querendo sempre nos alegrar com seus perfumes sutis, sombra acolhedora e convidativa, cores mais que carnavalescas de tao alegres que sao e perfis as vezes tao fortes quanto amedrontadores da natureza fisiculturista por assim dizer…de fato quem ama gosta do verde, quem e feliz e tem esperanças tambem curti com certeza a natureza tao presente e imprescindivel ao nosso bem-estar diario…Ricardo, que voce cada vez mais possa se contagiar pelas amigas arvores e como que nas suas copas largas e frondosas voce possa tambem compartilhar o bom da vida, seja por meio de fotos, videos, endereços fisicos e eletronicos para se visitar, informaçoes quanto a cada especie a fim de que todos, leigos ou nao, possam ter acesso a dados e por fim aprender tanto quanto ser motivado a escolher uma querida apropriada para a sua calçada, a fim de que mais tarde nao tenha que sacrifica-la, pois o local nao era conveniente a especie, assim, e de suma importancia titulos no blog identificadores quanto ao que pode e deve-se responsavelmente plantar e em que local e por que, um leque deve se abrir de forma organizada, convidativa, informativa, veridica…as fotos se puderem ser maiores ou dar condiçoes para se fazer isso, o assunto e lindo, interminavel, importantisssimo e vibrante…abre-se o leque para novas informaçoes de maneira organizada e fervilha-se as palavras vindas daqueles que amam a natureza com responsabilidade, pessoas assim sao do mais alto naipe por assim dizer, e so pesquisar e perceber que sao essas pessoas que preservam e disseminam conhecimento verde por todos os cantos em que vivem…da prazer conviver com gente assim…e agradavel e surpreendente ver como amam a vida…portanto Ricardo, que voce continue iluminado em sua trajetoria cientifica e humana em auxiliar tanta gente, ate mesmo aqueles que ainda nao lhe descobriram ou que acabaram de faze-lo, como eu…obrigado por tornar a rede mais interessante e pratica para o dia a dia de cada um, abraços e quando eu tiver condiçoes de fazer algumas fotos, poderei enviar-lhe, sao de por do sol bem como de outras maravilhas do nosso dia a dia, por exemplo, as arvores…por assim dizer!!! e a proposito, voce daria dicas de como preencher uma calçada de 30 metros quadrados, sendo que neste espaço haveria a necessidade de se descontar a entrada de veiculos que no caso sera de 3,40m. de largura bem como a de pessoas pelo portao social de 0,90cms., tambem havera um concreto protetor para o muro de 0,50cms. em sua lateral externa bem como um espaço para os transeuntes, no caso no centro dessa calçada, e sendo que se poderia ainda deixar uns 0,40cms. ao lado da guia para algumas plantas tipo arbustos e ainda deste lado um flamboyant mirim que depois de uns dois anos talvez suportasse tambem, no caso nele, uma trepadeira amarela e defronte a este flamboyant do outro lado nesta calçada fizesse vizinhança a ele um ibisco hibrido alaranjado com a parceria de uma dama da noite e mais outro ibisco agora de flores brancas, sendo entao que se dividiria este espaço de 10 metros de comprimento descontando os 3,40 m. da entrada de veiculos e os 0,90 cms. do portao social como listados anteriormenete e do lado interno do muro, a casa na sua entrada nesta mesma reta do ibisco planeja-se um arbusto de folhas parecidas a um papel de cor alaranjada…este por sua vez ficara 0,50 cms. longe do muro e tera do outro lado 2,50 m. para se abrir, assim pretendo fazer a minha calçada com placas de concreto afastadas uns centimetros uma da outra para a dilataçao bem como infiltraçao da chuva, o espaço para os pedestres ficaria de 1,85mts. de largura e ambos os lados da calçada os brindariam com essas plantas de cheiros e flores diferentes, como por exemplo a capitao que mui provavelmente ficaria ao lado da sarjeta, uma das laterais…, seria interessante conseguir um espaço aqui no blog para desenharmos nossas calçadas e de forma mais clara podermos obter maior compreensao do que ficaria legal e viavel do ponto de vista geral, manutençao, preço, etc…, ainda acrescento que nao passa fiaçao neste lado da rua, se puder opinar ficarei encantado, moro numa cidade interiorana, proximo a cidade de Ribeirao Preto, estado de Sao Paulo, abraços a voce e a todos os leitores apaixonados nao so por arvores, mas pela natureza…que e sinonima de VIDA!!!

    Att: Walter

    • Ricardo Cardim disse:

      Olá Walter, muito obrigado pelo belo texto e incentivo. Realmente ainda podemos melhorar muitas coisas nessa página virtual e nas ações dos Amigos das Árvores e pretendemos fazer isso! A questão é que não disponho ainda de patrocinadores para construir um site profissional com mais ferramentas como as sugeridas e poder prestar mais consultorias gratuitas à população, hoje sustento a ação com meu tempo e recursos do meu trabalho diário, em meio ao corre-corre paulistano. O que recomendo para sua calçada são árvores nativas da sua região, e as maiores possíveis para o espaço disponível.
      Abraços,
      Ricardo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s