Árvores do Parque do Ibirapuera em São Paulo

Um dos espaços verdes mais queridos pelos paulistanos, o Parque do Ibirapuera é hoje uma ilha de qualidade de vida e bem-estar para a Cidade. Inaugurado em 1954, no quarto centenário de fundação de São Paulo, possui um enorme acervo de árvores em sua área. Aqui uma pequena amostra de sua diversidade, no Viveiro Manequinho Lopes e seus  arredores, a parte mais antiga do Parque, do final da década de 30 do século XX.

Trecho com enormes eucaliptos australianos perto da Av. República do Líbano plantados no começo do século passado para drenar o terreno, já que originalmente onde hoje está o Parque do Ibirapuera existiam extensos brejos e campos úmidos.

Mesmo no meio da metrópole, esse joão-de-barro constrói seu ninho sobre um angico vermelho (Anadenanthera colubrina), árvore nativa nas florestas paulistanas.

Figueira muito interessante perto do viveiro "Manequinho Lopes". Da espécie Ficus microcarpa, de origem asiática, essa árvore tão difundida na cidade de São Paulo foi aqui cultivada de forma as suas raízes-escora, característica típica da espécie, criarem um colar de "outras" árvores em volta do tronco principal.

Esses antigos jatobás (Hymenaea courbaril) contribuem para a presença de árvores nativas no Parque, que são aparentemente minoria. O Ibirapuera foi local de ensaios de arborização urbana durante a primeira metade do século passado, quando se privilegiavam as árvores estrangeiras.

Um dos mais belos grupos de árvores em São Paulo, as três figueiras-de-bengala (Ficus benghalensis - origem Índia) que plantadas juntas formam uma única grande copa. Com o crescimento de outras árvores em volta e o adensamento das copas das figueiras não consegue-se mais visualizar o conjunto e seus troncos cor bege claro , que eram muito mais bonitos e ensolarados nos anos 1980. Precisam de um tratamento paisagístico e manejo.

O fantástico assoalho de raízes do ceboleiro (Phytolaca dioica), uma árvore nativa da Mata Atlântica do interior do Estado de São Paulo, de grande longevidade. Fica dentro do viveiro Manequinho Lopes, uma bela área injustamente pouco frequentada pelos usuários do Parque. Essa espécie deveria se muito mais usada nas praças e parques paulistanos por sua capacidade de chamar a atenção das pessoas para a beleza das árvores.

 Ricardo Henrique Cardim

About these ads

Sobre Ricardo Cardim

www.arvoresdesaopaulo.com.br
Esse post foi publicado em Árvores de São Paulo, São Paulo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

12 respostas para Árvores do Parque do Ibirapuera em São Paulo

  1. Rodolfo disse:

    Eu também sou um apreciador de árvores e frequentador do Parque do Ibirapuera. Mas me partiu o coração ter passado lá no último domingo e notar quantas árvores caíram nos últimos tempos. Seria legal que a administração do parque aproveitasse as muitas mudas presentes no Viveiro Manequinho Lopes e espalhassem mais árvores nessas áreas que perderam sombras.

    Abraço!

  2. dalva disse:

    O Ibirapuera é um espetáculo! São Paulo merece.

  3. Leda Lucas disse:

    De fato é lindo o Parque!
    Cardim, lindas as imagens das nossas amadas árvores.
    Abraço.

    • Ricardo Cardim disse:

      Cara Leda, mais uma vez obrigado por sua contribuição e sensibilidade.
      abraços
      Ricardo

  4. Arnaldo Souza Cardoso disse:

    Qual a maior árvore do Parque? Deveria existir indicações,medidas,nome da árvore,quando foi plantada,comparaçào com outras do mesmo tipo,etc.
    Frequento o Parque diariamente.
    Arnaldo

    • Ricardo Cardim disse:

      é verdade Arnaldo, essa é uma boa idéia para conectar melhor os paulistanos as árvores urbanas e valorizá-las mais!

      Ricardo

  5. osvaldo alves disse:

    adoro,o ibirapuera,agradeço ao manequinho lopes.e a voçe pelas fotos lindas, de arvores como o ceboleiro que eu nunca tinha visto no parque,e parabéms pelos videos no you tube.tomara que voçê inspire muita gente a amar mais as arvores e os animais do brasil.

  6. Poxa, muito legal a ideia do blog, bem original. Gostei também porque colocam as espécies corretas em cada foto. PArabéns! vou seguir sempre =D

  7. PENINHA disse:

    Um cantinho de Paz na cidade de São paulo

  8. lineu disse:

    Olá, Ricardo! Acho que foi no ano passado que fizemos uma visita monitorada no Parque do Ibirapuera. Na ocasião fiz algumas fotos e fiquei de lhe enviar, porém perdi seu email. Como posso fazer para lhe enviar as fotos? Um abraço, Lineu.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s